Carregando...



Blog

Dra. Renata Mattos | Cardiopediatria

US_504-453048091_wide.jpg
30/set/2020

Hoje é comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down. Data importantíssima, em que pensamos em inclusão e em aceitar as diferenças. Ainda há muito a conquistar, mas também já avançamos muito. Eles podem sim ter uma vida produtiva, independente e feliz.
Pra isso, antes de tudo é preciso que eles tenham saúde. E infelizmente a síndrome traz um pacote de problemas: imunológicos, metabólicos, gastrointestinais, etc. Especificamente, as malformações cardíacas são muito comuns – cerca de 40% dos portadores de Down nascem com alguma cardiopatia, incidência que é de apenas 1% na população geral. E as cardiopatias são a principal causa de cirurgias e internações nessas crianças.
Mas a boa notícia é que algumas dessas doenças podem ser tratadas por cateterismo, não necessitando de cirurgia. E a cirurgia, quando necessária, já tem resultados muito melhores do que no passado. O diagnóstico e acompanhamento precoce (desde o pré-natal) é importantíssimo, porque permite que a família se planeje e prepare para todo a atenção que o bebê vai precisar.
Quem convive com portadores da síndrome sabe que o coração deles transborda amor. Se estiver bem cuidado, melhor ainda!

Copyright 2017. Todos os direitos reservados.